quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Após alguns loucos acontecimentos, um pouco de nervosismo e um estágio incrível de euforia, percebi claramente - um maravilhoso insight quase poético - que se minha vida fosse um estabelecimento, eu seria um hospício. Por um momento tudo fez sentido. Mas já se tornou um caos novamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário