sábado, 25 de fevereiro de 2012

...

Flores muitas vezes são tão românticas quanto as promessas tortas de amor eterno. Elas morrem. Viver é como navegar num barco frágil em águas traiçoeiras. Sentir, pode ser como navegar num barco virado, respirar debaixo d'água e continuar navegando, sem rumo, em um mundo invertido. Algumas pessoas, estas abençoadas com a coragem e outras grandes virtudes, entregam flores de plástico, réplicas idênticas, apenas sem odor e vida no objeto. Por resposta, são desprezados. Pessoas realmente amadas que perdem a oportunidade de viver algo realmente eterno. Pois apenas repararam nas flores, mas elas morrem...

Nenhum comentário:

Postar um comentário