segunda-feira, 23 de abril de 2012

Ininterrupto

Quem cala consente,
mas não sente que,
calando se entrega
ao consentimento alienado
de quem se cala
sobre toda hipocrisia.

Sentem que o sentido
se torna consenso
ao destino alienado criado pelo silêncio.

Não se cale.

Lute.

Nenhum comentário:

Postar um comentário