terça-feira, 15 de maio de 2012

Lastro

(Eu viveria)
Se não puxasse minha consciência para o fundo da terra, acreditaria eu que poderia viver com a cabeça nas nuvens.

Talvez até viva.

Se puxasse minha consciência para fora da terra eu saíria das nuvens.
(se puxasse minha consciência para fora de tudo.)

2 comentários:

  1. O jogo de figuras de linguagem no teu texto foi sensacional, Anacleto. Que bela obra num contexto de imaginações realistas. Imaginações realistas? Proponho ter lido um paradoxo, talvez uma imaginação sem nenhum arrojo. Pode até ter isso, mas escondido nas máscaras do poeta. Abraços, Anacleto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. (in)felizmente o paradoxo esta mais do que presente em minha cabeça e em minha vida, cado Ed. Obrigado! hahaha

      Excluir