domingo, 3 de junho de 2012

Poesia

Faça jus
[e houve luz]
à poesia
que em suma
ilumina a vida.

2 comentários:

  1. A poesia que ilumina, a vida e à vida, apesar de suas sombras, tornando-as mais claras e até mais bonitas...

    Muito bom, Pedro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simples assim, não é?
      Obrigado Sagrarius!

      Excluir